O papa não é pop!

O papa não é pop! Pelo menos, não Hatzinger – Pois é, Bento XVI, o pontifício da Igreja Católica anunciou sua renuncia e uma pergunta fica – O que o levou a tal atitude? Saúde? Visão social eclesiástica? Pressão clerical? 

Podemos fingir que acreditamos que seja saúde, mas se assim o foi, será que a 8 anos a trás estes sinais de “falta de energia” já não se apresentava? Bem, quando eleito, a Igreja Católica depositava sua esperança numa suposto regimento doutrinário para o suposto desvio das igrejas carismáticas. Não deu tempo! Ou, não era dessa forma, ou realmente sua saúde não aguenta tanta hipocresia – existente em todas religiões.

Conheceremos o novo líder na páscoa, justamente quando celebramos a ressurreição do nosso líder maior, os católicos abrirão mão de algum momento para celebrar uma nomeação de “Seu” representante na Terra. Hirônico não?! Deixar o aclamado, o adorado, para eleger seu representante?

O papa não é mais pop!

Anúncios

Sobre Paulo Frutuoso

Pai em aprendizado. Marido apaixonado. Cidadão inconformado. Cristão reformado. (Sempre buscando alinhar conhecimento e prática)

Publicado em 11 de fevereiro de 2013, em Palhaçada Histórica e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: